Literary Journalism, Transdisciplinarity and Complexity Field: The Journalistic and Literary Knowledges of João Guimarães Rosa

Gustavo de Castro, Florence Marie Dravet, Andrea Jubé Vianna, Victor Lemes Cruzeiro

Resumo


This article seeks to situate Literary Journalism as a discipline of complex and transdisciplinary knowledge, necessary for the training of every journalist. It seeks to understand and integrate the practice of narration to the problems of the levels of reality. The concepts of Literature of Complexity and Transdisciplinarity serve as a basis for our reflection. With the short story “Com o vaqueiro Mariano”, we bring the literature of João Guimarães Rosa and his relations with journalistic knowledge, from the notion of interview, through the system of production and circulation of information to the techniques of verification that the author used. Finally, we conclude that Literary Journalism allows not only to situate journalism in the communication circuit, but also, and in an extended way, broaden the communication circuit to its cultural dimension, exercising such a pedagogical role relevant to any area of knowledge.

Este artigo busca situar o jornalismo literário enquanto disciplina de saberes complexos e transdisciplinares, necessária à formação de todo jornalista. Busca entender e integrar a prática da narração aos problemas dos níveis de realidade. Os conceitos de literatura de complexidade e de transdisciplinaridade servem de base à nossa reflexão. Com o conto “Com o vaqueiro Mariano”, trazemos a literatura de João Guimarães Rosa e suas relações com os saberes jornalísticos, desde a noção de entrevista, passando pelo sistema de produção e circulação da informação até as técnicas de apuração que o autor empregava. Por fim, concluímos que o jornalismo literário permite não só situar o jornalismo no circuito da comunicação, mas também, e de forma ampliada, estender o circuito da comunicação à sua dimensão cultural, em seu papel pedagógico relevante para qualquer área do conhecimento.

Este artículo busca situar el periodismo literario como disciplina de saberes complejos y transdisciplinarios, necesaria para la formación de todo periodista. Se trata de entender y de integrar la práctica de narrar los problemas de los niveles de realidad. Los conceptos de literatura de complejidad y de transdisciplinariedad sirven de base a nuestra reflexión. Con el conto “Com o vaqueiro Mariano”, traemos la literatura de João Guimarães Rosa y sus relaciones con los saberes periodísticos, desde la noción de entrevista, pasando por el sistema de producción y circulación de la información hasta las técnicas de escrutinio que el autor empleaba. Por último, concluimos que el periodismo literario permite no sólo situar el periodismo en el circuito de la comunicación, sino también, y de forma ampliada, extender el circuito de la comunicación a su dimensión cultural, ejerciendo tal disciplina un papel pedagógico relevante para cualquier área del saber.

Palavras-chave


Literary Journalism; Complexity; Transdisciplinarity; Education; Communication

Texto completo:

PDF (English) PDF (PT)

Referências


Bak, J. (2017). Rumo a uma definição de Jornalismo Literário internacional. Brazilian Journalism Research,13 (3), pp. 136-161. DOI: 10.25200/BJR.v13n3.2017.1007

Bandeira, M. (1966). Andorinha, Andorinha. Rio de Janeiro: José Olympio Editora.

Bolle, W. (2004). Grande sertão: Br. São Paulo: Editora 34/Duas Cidades.

Calvino, I. (2006). Assunto encerrado: Discursos sobre literatura e sociedade. São Paulo: Companhia das Letras.

Castro, G. (2010). Jornalismo literário: Uma introdução. Brasília: Casa das Musas.

Castro, G., & Galeno, A. (2002). (Eds.). Jornalismo e Literatura: A sedução da palavra. São Paulo: Escrituras.

Dravet, F. (2013). Por um jornalismo latino-americano realista, literário e mágico: uma leitura das crônicas de Gabriel García Márquez. Logos 38. Realidade Ficção, 20 (1), pp. 73-85. DOI: https://doi.org/10.12957/logos.2013.77

Dantas, P. (1975). Sagarana emotiva: Cartas de J. Guimarães Rosa. São Paulo: Duas Cidades.

Flan (1953, July 14). O Vaqueiro e o Ministro: o personagem fala sobre o autor. p. 36. Retrieved from http://memoria.bn.br/docreader/DocReader.aspx?bib=100331&pagfis=470

Hartsock, J. (2016). Literary journalism and the aesthetics of experience. Amherst, Boston: University of Massachusetts Press.

Juarroz, R. (2000). Poesia y realidad. Valencia: Pre-Textos.

Lima, A. A. (1990). O Jornalismo como gênero literário. São Paulo: Com-Arte, Edusp.

Lima, E. P. (2016). O jornalismo literário e a academia no Brasil: fragmentos de uma história. Famecos, 23, pp. 63-80. DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-3729.2016.s.25024

Lima, E. P. (s.d). Registros breves para uma história futura. Retrieved from www.edvaldopereiralima.com.br/index.php/jornalismo-literario/pos-graduacao/memoria-portal-abjl/152-registros-breves-para-uma-historia-futura-do-jornalismo-literario

Maffesoli, M. (1998). Elogio da razão sensível. Trad. Albert Christophe Migueis Stuckenbruck. Petrópolis, RJ: Vozes.

Martinez, M. (2016). Jornalismo literário: Tradução e inovação. Florianópolis: Insular.

Martinez, M. (2017). Jornalismo Literário: revisão conceitual, história e novas perspectivas. Intercom Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, 40 (3), pp. 21-36. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1809-5844201732.

Morin, E. (1996). Ciência com consciência. Trad. Maria A. Sampaio Dória. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Nicolescu, B. (2009). Contradição, lógica do terceiro incluído e níveis de realidade. In Ateliers sur la contradiction: Nouvelle force de développement en science et societé. École des Mines: Saint-Etienne, pp. 19-21. Tradução CETRANS. Retrieved from www.emse.fr/aslc2009

Rónai, P. (2009). Os prefácios de Tutameia. In. Rosa, J. G. Tutameia (Terceiras histórias). 9. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

Rosa, J. G. (2015). Estas estórias. 7a ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

Rosa, V. G. (2014). Relembramentos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

Soares, I. (2017). At the intersection of risk: when literary journalism and sociology study urban problems by means of akin methodologies. Sociologia, Problemas e Práticas, 84, pp. 63-80. DOI: 10.7458/SPP2017843466




DOI: https://doi.org/10.25200/BJR.v14n3.2018.1109

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da versão online: 1981-9854

ISSN da versão impressa (descontinuada a partir de 2008): 1808-4079



Datas de publicação da revista

30 de abril - 30 de agosto - 30 de dezembro

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.