A sociedade civil pode mudar o jornalismo? A experiência do jornalismo de defesa civil na América Latina

Silvio Waisbord

Resumo


Após estudos recentes sobre a “teoria do campo” e o “institucionalismo novo” nos estudos sobre jornalismo (Benson, 2004, 2006), a premissa inicial deste artigo é que a imprensa mantém vínculos com três campos externos: os estados, os mercados e a sociedade civil. Os vínculos são formados tanto pelas relações estruturais quanto pelas práticas de fazer notícias. Os fatores estruturais como propriedade, financiamento e legislação determinam as conexões das organizações noticiosas com os estados, as empresas e os protagonistas civis. Os processos de produção e consumo de notícias envolvendo as redações, as fontes e as audiências afetam também a intensidade das relações entre a imprensa e os campos externos.

Palavras-chave


Jornalismo; sociedade civil; América Latina

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25200/BJR.v5n1.2009.192

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da versão online: 1981-9854

ISSN da versão impressa (descontinuada a partir de 2008): 1808-4079



Datas de publicação da revista

30 de abril - 30 de agosto - 30 de dezembro

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.