Imagens estarrecedoras: telejornalismo e processos de accountability

Braulio B. Neves, Rousiley C. M. Maia

Resumo


Diversos autores reconhecem o importante papel que o jornalismo exerce para gerar accountability. Contudo, a forma exata pela qual a imagem contribui para desencadear dinâmicas de prestação de contas permanece praticamente inexplorada. Com este pensamento em mente, este estudo apresenta uma exploração teórica acerca do potencial das imagens videográficas para provocar debates públicos, sustentando processos de accountability. A partir de um caso de extrema violência da polícia militar – o “Evento da Favela Naval”, ocorrido em Diadema, São Paulo, Brasil – os autores analisam como o telejornalismo constrói as denúncias de abuso de poder policial e enquadra as controvérsias acerca da atribuição de responsabilidades. Diversas dimensões de accountability são tratadas em diversos contextos competitivos em que se debate sobre o significado desse escândalo, decorrente da divulgação das vídeo-imagens. Este estudo desafia noções correntes de que as vídeo-imagens fazem degenerar a esfera pública.

Palavras-chave


telejornalismo; accountability; debate público; violência policial

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25200/BJR.v5n1.2009.196

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da versão online: 1981-9854

ISSN da versão impressa (descontinuada a partir de 2008): 1808-4079



Datas de publicação da revista

30 de abril - 30 de agosto - 30 de dezembro

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.