A dramaturgia incorporada ao discurso do telejornalismo

Flavio Antônio Porcello

Resumo


A televisão não entra apenas em nossas casas, ela entra em
nossas vidas, determinando padrões de comportamento, despertando vontade de consumo, propondo temas para debates no cotidiano e, mais do que tudo isso, contando o que acontece no mundo. Mas ela não é apenas uma janela aberta que nos permite enxergar o que acontece lá fora. A TV nos instiga a reagir, amar ou odiar o que estamos fazendo, ela nos impulsiona a tomarmos partido, escolhermos uma posição, torcermos por um ou outro lado em qualquer disputa, desde as esportivas até as político-partidárias. Resenha da obra:  COUTINHO, Iluska. Dramaturgia do telejornalismo: a narrativa da informação em rede e nas emissoras de televisão de Juiz de Fora- MG. Rio de Janeiro: Mauad X, 2012. 247 p.


Palavras-chave


telejornalismo, dramaturgia, Iluska Coutinho

Texto completo:

PDF

Referências


COUTINHO, Iluska. Dramaturgia do telejornalismo: a narrativa da informação em rede e nas emissoras de televisão de Juiz de Fora-MG. Rio de Janeiro: Mauad X, 2012. 247 p.




DOI: https://doi.org/10.25200/BJR.v9n1.2013.559

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da versão online: 1981-9854

ISSN da versão impressa (descontinuada a partir de 2008): 1808-4079



Datas de publicação da revista

30 de abril - 30 de agosto - 30 de dezembro

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.