Identidade jornalística e percepções do público: paradigma e modelos em construção nos países dos Grandes Lagos (África)

Marie-Soleil Frère

Resumo


Este artigo se baseia em uma pesquisa conduzida em três países africanos (Burundi, Ruanda e República Democrática do Congo), sobre a evolução recente da profissão de jornalista e sobre a maneira como ela é, hoje, percebida e representada por membros da audiência, entrevistados em cinco localidades da região. Após duas décadas, o jornalismo se transformou, por um lado, com a liberalização do setor de mídias e, por outro, com as guerras civis sangrentas que marcaram os três países. Surgiram novos formatos e novos papéis para as mídias, assim como novos referenciais profissionais (códigos deontológicos, instâncias de autorregulação, cursos de formação, associações profissionais), por vezes incentivados por doadores de fundos e ONGs internacionais. O artigo pretende mostrar que, por trás dessas mudanças, um novo “paradigma jornalístico” foi elaborado, fruto de dinâmicas internas da profissão e de imposições externas (do Estado e da evolução do mercado), mas também das novas exigências do público. Em um contexto político, econômico e de segurança instável, as mutações do paradigma jornalístico têm transformado o conteúdo midiático, bem como a percepção do público sobre o papel do jornalismo na sociedade e sobre o que os cidadãos podem dele esperar, em uma região na qual grande parte da democracia ainda está em construção.


Palavras-chave


paradigma jornalístico, Ruanda, Burundi, República Democrática do Congo, identidade jornalística

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25200/BJR.v10n2.2014.744

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da versão online: 1981-9854

ISSN da versão impressa (descontinuada a partir de 2008): 1808-4079



Datas de publicação da revista

30 de abril - 30 de agosto - 30 de dezembro

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.