Do Game a Galerias Dinâmicas na Narrativa Jornalística Hipermídia: Análise do Especial ‘A Batalha De Belo Monte’ da Folha de S.Paulo

Juliana Colussi Ribeiro, Leonardo Firmino Magalhães

Resumo


Este artigo apresenta uma análise da narrativa hipermídia do especial A batalha de Belo Monte, publicado no site da Folha de S.Paulo em dezembro de 2013. O objetivo do estudo é identificar os elementos utilizados na composição da narrativa hipermídia e verificar o nível de interatividade que oferece ao usuário. A metodologia, por sua vez, centra-se nas técnicas da análise de conteúdo web, a partir da qual se estabelecem duas categorias: elementos da narrativa e níveis de interatividade. Os resultados do estudo apontam que a ausência de links na parte textual limita a trajetória do público pela narrativa hipermídia, que poderia ser mais dinâmica. Embora o maior nível de interatividade ocorra com o game informativo inserido no primeiro capítulo do especial, as outras opções de interatividade são de seleção, em que o usuário escolhe se quer ou não ver vídeos e galerias fotográficas.


Palavras-chave


Narrativa hipermídia; Interatividade; Ciberjornalismo; Folha de S.Paulo

Texto completo:

PDF

Referências


BERTOCCHI, Daniela. Dos dados aos formatos: um modelo teórico para o design do sistema narrativo no jornalismo digital. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) – Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

BRASIL. Presidência da República. Secretaria de Comunicação Social. Pesquisa brasileira de mídia 2015: hábitos de consumo de mídia pela população brasileira. Brasília: Secom, 2014.

BUSARELLO, Raul; BIEGING, Patrícia; ULBRICHT, Vânia. Narrativas interativas: imersão, participação e transformação no caso da nova tecnologia para games kinect. Rumores (USP), v. 1, p. 1-17, 2012.

CANAVILHAS, João. (Org.). Notícias e mobilidade. Covilhã: Labcom, 2013. 417 p.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. A era da informação: economia, sociedade e cultura. Vol.1. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CEBRIÁN, Mariano; FLORES, Jesús. Periodismo en la telefonía móvil. Madrid: Fragua, 2012. 253 p.

DÍAZ NOCI, Javier. La escritura digital. Bilbao: Servicio Editorial de la Universidad del País Vasco, 2001. 233 p.

DÍAZ NOCI, Javier; SALAVERRÍA, Ramón. Manual de redacción ciberperiodística. Barcelona: Ariel, 2003. 592 p.

EDO, Concha. Del papel a la pantalla: la prensa en Internet. Sevilla: Comunicación social, 2002. 160 p.

FIDALGO, Antonio; CANAVILHAS, João. Todos os jornais no bolso: pensando o jornalismo na era do celular. In: RODRIGUES, C. (org.). Jornalismo on-line: modos de fazer. Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio, Editora Sulina, 2009, p. 99-117.

FOLHA.COM. A batalha de Belo Monte. São Paulo, 16 dez. 2013. Disponível em: . Acesso em: 18 jan. 2014.

GOSCIOLA, Vicente. Roteiro para as novas mídias: do game à tv interativa. São Paulo: Senac, 2003.

HERRING, Susan. Web content analysis: Expanding the paradigma. In: HUNSINGER, Jeremy et al. (Eds.). International Handbook of Internet Research. London: Springer Verlag, 2010, p. 233-249.

ISLAS, Octavio. La convergencia cultural a través de la ecología de medios. Comunicar, v. 33, p. 25-33, 2009.

JENKINS, Henry. Convergence culture: la cultura de la convergencia de los medios de comunicación. Barcelona: Paidós, 2008.

LANDOW, George P. Hypertext 2.0. Hypertext: the convergence of contemporary Critical Theory and technology. Maryland: The John Hopkins University Press, 1997.

LARRONDO URETA, Ainara. Los géneros en la redacción ciberperiodística: Contexto, teoría y práctica actual. Bilbao: Servicio Editorial de la Universidad del País Vasco, 2008. 262 p.

LEMOS, André. Cibercultura: alguns pontos para compreender a nossa época. In: CUNHA, Paulo (org.). Olhares sobre a cibercultura. Porto Alegre: Sulina, 2003, p. 11-23.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999. 250 p.

LONGHI, Raquel. Os nomes das coisas: em busca do especial multimídia. Estudos em Comunicação, 2(7), 149-161, 2010.

LONGHI, Raquel. O turning point da grande reportagem multimídia. Revista Famecos, 21(3), 897-917, 2015.

OLIVEIRA, Jéssica. Vencedor do Líbero Badaró, especial da “Folha” sobre Belo Monte envolveu 19 pessoas. Portal Imprensa, São Paulo, p 1-1. 25 nov. 2014. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2014.

PALACIOS, Marcos. Hipertexto, fechamento e o uso do conceito de não-linearidade discursiva. Lugar Comum. Rio de Janeiro, n. 8, 1999, p. 111-121. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2011.

PISCITELLI, Alejandro. Internet. La imprenta del siglo XXI. Barcelona: Gedisa, 2005, 134p.

PORTO, Denis; FLORES, Jesús. Periodismo transmedia: Reflexiones y técnicas para el ciberperiodista desde los laboratorios de medios interactivos. Madrid: Fragua, 2012. 141p.

ROST, Alejandro. La interactividad en el periódico digital. Tesis (Doctorado en Periodismo y Comunicación). Universidad Autónoma de Barcelona, Bellaterra, 2006. 482 p. Disponível em:

. Acesso em:10 feb. 2012.

SALAVERRÍA, Ramón. Redacción periodística en Internet. Navarra: Eunsa, 2005. 184 p.

SCOLARI, Carlos. Narrativas transmedia: cuando todos los medios cuentan. Barcelona: Deusto, 2013. 342p.

SCOLARI, Carlos. Ecología de los medios: de la metáfora a la teoría (y más allá). In: SCOLARI, Carlos (Ed.). Ecología de los medios: Entornos, evoluciones e interpretaciones. Barcelona: Gedisa, 2015, p.15-42.




DOI: https://doi.org/10.25200/BJR.v12n1.2016.786

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da versão online: 1981-9854

ISSN da versão impressa (descontinuada a partir de 2008): 1808-4079



Datas de publicação da revista

30 de abril - 30 de agosto - 30 de dezembro

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.