Photojournalism: Diverse Concepts, Uniform Practices

Julia Capovilla Luz Ramos, Beatriz Alcaraz Marocco

Resumo


This paper is a review of the historical development of the concept of photojournalism. It presents thoughts on the field without trying to reconcile the differences or invalidate established ideas on the singularity of photojournalism knowledge and performance as it is connected to professional ethos or media norms. The conclusion was drawn that photojournalism is constituted as an object of theoretical discussion whose revision requires effort from the researcher to understand much of what is said about the field while the professionals within in the practice itself arm themselves with arguments against amateurs and their growing intervention in media. The bricolage which is presented, inspired by Lévi-Strauss, was formed with “what was at hand”; meaning a good part of its construction came from the remains of previous constructions (LÉVY-STRAUSS, 1989, p. 32-38).   


O presente trabalho faz uma revisão do conceito de fotojornalismo em sua trajetória histórica. Expõe-se um pensamento sobre o campo, sem a pretensão de aplainar diferenças ou subjugar as ideias formuladas sobre a singularidade do saber e do fazer fotojornalístico vinculados ao ethos profissional ou à normatividade das mídias. Conclui-se que o fotojornalismo se configura em objeto de disputa teórica cuja revisão exige, por parte do pesquisador, um esforço em entender que muito se diz sobre o campo enquanto na prática os profissionais se armam de argumentos frente aos diletantes e sua crescente interferência nas mídias. A bricolagem apresentada, sob inspiração de Lévi-Strauss, foi formada com “aquilo que se tem à mão”, sendo boa parte dessa construção proveniente do que restou de construções anteriores (LÉVY-STRAUSS, 1989, p. 32-38).     


Este artículo revisa el concepto de fotoperiodismo en su trayectoria histórica. Expone un pensamiento sobre el campo, sin pretensión de suavizar las diferencias o subyugar las ideas formuladas sobre la singularidad del saber y del hacer fotoperiódico relacionados con el ethos profesional o la normatividad de los medios de comunicación. Se concluye que el fotoperiodismo está configurado en objeto de disputas teóricas cuya revisión requiere, por parte del investigador, un esfuerzo por entender que se habla mucho el campo, mientras que en la práctica los profesionales estan llenos de argumentos bajo a los diletantes y su creciente interferencia en los medios de comunicación. La bricolage presentada, bajo la inspiración de Levi-Strauss, se formó a "lo que está a la mano", y gran parte de esta construcción de lo que quedó de las construcciones anteriores (LÉVY-STRAUSS, 1989, p. 32-38).

Photojournalism: Diverse Concepts, Uniform Practices


Palavras-chave


Photojournalism; Practice; Profession

Texto completo:

PDF (English) PDF (PT)

Referências


ALONSO, André Deak. Novos jornalistas do Brasil. São Paulo: University of São Paulo – USP, 2011, 148 f. Master thesis (Master in Communication) – Post-Graduation Program in Communication and Arts, ECA-USP, São Paulo, 2011.

AMAR, Pierre-Jean. El Fotoperiodismo. Buenos Aires: La Marca, 2005.

BAEZA, Pepe. Por una función crítica de la fotografia de prensa. Barcelona: Editorial Gustavo Gilli, 2007.

BOURDIEU, Pierre. A Distinção: crítica social do julgamento. São Paulo: Edusp; Porto Alegre: Zouk, 2007.

BUITONI, Dulcilia Schroeder. Fotografia e Jornalismo: a informação pela imagem. São Paulo: Saraiva, 2011.

CASTELLANOS, Ulises. Manual de Fotoperiodismo: retos y soluciones. Mexico: 2003.

CHAVES, Ricardo. Fotojornalismo. In: ACHITTI, Luiz Eduardo Robinson (Ed.). Ensaios sobre o Fotográfico. Porto Alegre: Municipality of Porto Alegre, 1998, p. 63-65.

COTTON, Charlotte. A fotografia como arte contemporânea. 2. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2013.

DENHAM, Robert D. Introdução à edição canadense. In: FRYE, Northrop. Anatomia da crítica: quatro ensaios. São Paulo: É Realizações Editora, 2014, p. 23-103.

FABREGAT. Hugo Doménech. La fotografia informativa en la prensa generalista: del fotoperiodismo clásico a la era digital. Castellón: Universitat Jaume I, 2005, 669 f. PhD dissertation (PhD in Communication) – Department of Philosophy, Sociology and Audiovisual and Publicity Communicaiton, Jaume I University, Castellón, 2005.

FELIZARDO, Luiz Carlos. Imago. Porto Alegre: Lahtu Sensu, 2010.

FONTCUBERTA, Joan. La Cámara de Pandora: La fotografi@ después de la fotografia. Barcelona: Gustavo Gili, 2010.

FREUND, Gisèle. A fotografia como documento social. Barcelona: Gustavo Gilli, 2010.

GARAPA. Available at: . Access on: 12/05/2015.

GIACOMELLI, Ivan Luiz. Critérios de Noticiabilidade e o Fotojornalismo. In: BONI, Paulo César (Ed.). Discursos Fotográficos. Londrina: State University of Londrina. V.4, n.5, July/Dec.2008, p. 13-36.

GOLDEN, Reuel. Photojournalism: 150 years of outstanding press photography. 2. Ed. Londres: Carlton Book, 2008.

GREEN, David (Ed.). Qué ha sido de la fotografia?. Barcelona: Gustavo Gili, 2007.

HENN, Ronaldo Cesar. A Pauta e a Notícia: uma abordagem semiótica. Canoas: Ulbra, 1996.

HORTON, Brian. Guide to Photojournalism. 2. Ed. Nova York: Associated Press, 2001.

LÉVY-STRAUSS, Claude. O Pensamento Selvagem. Campinas, SP: Papirus, 1989.

LIMA, Ivan. Fotojornalismo Brasileiro: Realidade e Linguagem. Rio de Janeiro: Fotografia Brasileira, 1989.

MANUAL DE REDAÇÃO FOLHA DE SÃO PAULO. São Paulo: Publifolha, 2001.

PEDROSO, Elson Sempé. Reflexões sobre fotografia no jornalismo impresso. In: FELIPPI, Ângela; SOSTER, Demétrio de Azeredo; PICCININ, Fabiana (Eds.). Edição de Imagens em Jornalismo. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2008, p. 40-62.

PERSICHETTI, Simonetta. A encruzilhada do fotojornalismo. Discursos Fotográficos. Londrina, v.2, n.2, p. 179-190, 2006.

REBELO, José. Prolegómenos à Narrativa Mediática do Acontecimento. Trajectos – Revista de Comunicação, cultura e Educação. n.8-9. Spring-October, 2006. p. 18-27.

ROUILLÉ, André. A Fotografia: entre documento e arte contemporânea. São Paulo: Senac, 2009.

SALLET, Beatriz. Fotojornalismo: as reconfigurações do impresso para a produção on line. In: Confederación Iberoamericana de Asociaciones científicas y Académicas de la Comunicación, 2011, São Paulo (SP). Anais CONFIBERCOM, 2011, v. único, p. 01-13.

SILVA JR., José Afonso. Cinco hipóteses sobre o fotojornalismo em cenários de convergência. Discursos Fotográficos. Londrina, v.8, n.12, 2012, p. 31-52

SOLOSKI, John. O jornalismo e o profissionalismo: alguns constrangimentos no trabalho jornalístico. In: TRAQUINA, Nelson (Ed.). Jornalismo: questões, teorias e «estórias». Lisbon: Veja, 1993, p. 91-100.

SORLIN, Pierre. El ‘Siglo’ de la Imagen Analógica: los hijos de Nadar. Buenos Aires: March, 2004.

SOULAGES, François. Estética da Fotografia: perda e permanência. São Paulo: Senac, 2010.

SOUSA, Jorge Pedro. Uma História Crítica do Fotojornalismo Ocidental. Porto: Fernando Pessoa University, 1998.

SOUSA, Jorge Pedro. Estatuto e Expressividade da Fotografia Jornalística. Biblioteca On-Line de Ciências da Comunicação, 2011. Available at: . Access on: May 12, 2015.

SOUSA, Jorge Pedro. Fotojornalismo: introdução à história, às técnicas e à linguagem da fotografia na imprensa. Florianópolis: Contemporary Letters, 2004.

TRAQUINA, Nelson. Jornalismo: questões, teorias e «estórias». Lisbon: Veja, 1993.

VICENTINI, Ari; OLIVEIRA, Erivam Morais. Fotojornalismo: uma viagem entre o analógico e o digital. São Paulo: Cengage Learning, 2009.

VILCHES, Lorenzo. Teoría de la Imagen Periodística. Barcelona: Paidós, 1987.




DOI: https://doi.org/10.25200/BJR.v13n1.2017.914

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da versão online: 1981-9854

ISSN da versão impressa (descontinuada a partir de 2008): 1808-4079



Datas de publicação da revista

30 de abril - 30 de agosto - 30 de dezembro

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.