Memória e representação do jornalismo brasileiro: o caso do selo postal

Diego Andres Salcedo, Adriana Maria Andrade de Santana

Resumo


Este trabalho analisa a forma com a qual o selo postal contribui
para a construção da representação da atividade jornalística brasileira. Leva-se em conta, para isso, a concepção deste artefato
tanto como mídia, quanto texto semiótico, e sua estreita relação com a imprensa. O corpus identificado e analisado é composto por selos postais regulares e comemorativos emitidos pelos Correios do Brasil durante o século XX. O trabalho possibilitou correlacionar uma recorrência temática com o contexto histórico brasileiro, no que diz respeito às práticas jornalísticas. Como conclusão da investigação foi considerada que a visibilidade da atividade jornalística construída pelos selos postais remete não apenas a personalidades consagradas da práxis jornalística, como também faz clara associação com o ideário de jornalismo combativo e voltado a grandes causas sociais.

Palavras-chave


Brasil; Jornalismo; Selos Postais; Memória; Representação Social

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25200/BJR.v6n2.2010.23

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da versão online: 1981-9854

ISSN da versão impressa (descontinuada a partir de 2008): 1808-4079



Datas de publicação da revista

30 de abril - 30 de agosto - 30 de dezembro

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.