The Extended Space of Public Opinion in the Context of Multi-Platform Journalism: From Speakers to Discursive Actors

Kati Eliana Caetano

Resumo


This paper has as its starting point the traditional condition of public opinion, especially its existence in the society of mass communication when assuming the role of legitimizing discourses of political protagonists – the government and media. This text aims to show it as an object built around the set of discursive conventions, and show the modifications it goes through in the context of current journalism; a multitude of voices being heard in the circulation of information spaces. The qualitative analysis focuses on opinions on the Israel / Palestine conflict taken from reader comments and Internet search applications based on tags between the period of June and September 2014. Among these changes are the needs to restructure its concept, to understand the challenge it represents to news organizations and to review the formal elaborations that sustain journalistic discourse.

Palavras-chave


Public opinion; Information flows; Discursive actors; Communication in act; Israel/Palestine conflict

Texto completo:

PDF (English)

Referências


ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Mito e realidade da opinião pública. São Paulo, 1964. Available at: http://rae.fgv.br/rae/vol4-num11-1964/mito-realidade-opiniao-publica. Accessed on: June 18, 2014.

AUSTIN, John. Quand dire, c´est faire. 4. ed. Paris: Seuil, 1991.

BENVENISTE, Emile. Problemas de linguística geral. 1. ed. São Paulo: Editora Nacional, Editora da Universidade de São Paulo, 1976.

BOGOST, Ian; FERRARI, Simon; SCHEIZER, Bobby. Newsgames: journalism at play. 1. ed. Cambridge, Massachusetts: The MIT Press, 2010.

BORGES, Susana. Opinião pública, Media e Cidadania: as manifestações pela paz nas vésperas da II Guerra do Golfo. In: XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO – INTERCOM, I COLÓQUIO BRASIL-PORTUGAL DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 2008, Natal, RN. Anais do XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – INTERCOM, I Colóquio Brasil-Portugal de Ciências da Comunicação. Natal: INTERCOM, 2008. V. 1, p. 1 – 12.

Available at: http://www2.intercom.org.br/navegacaoDetalhe.php?option=trabalho&id=35056. Accessed on June 18, 2014.

CHARAUDEAU, Patrick. Discurso das mídias. 1. ed. São Paulo: Contexto, 2006.

DUCROT, O; ANSCOMBRE, L. – CL. L´argumentation dans la langue. 1. ed. Bruxelles: Mardaga,1983.

DUCROT, Osvald. Le dire et le dit. 1. ed. Paris: Éditions de Minuit, 1985.

DUCROT, Osvald. O dizer e o dito. 1. ed. Campinas, SP: Pontes, 1987.

FAIRCLOUGH, Norman. Discurso e mudança social. Reimpressão da 1. ed. Brasília: UnB, 2008.

FIDALGO, António. A resolução semântica no jornalismo online. In: BARBOSA, S. (Org.). Jornalismo digital de terceira geração. Coleção Estudos em Comunicação. Covilhã: Livros Labcom, 2007. [e-book]. p. 93-102. Available at:

http://www.livroslabcom.ubi.pt/pdfs/barbosa_suzana_jornalismo_digital_terceira_geracao.pdf. Accessed on: June 14, 2014.

HABERMAS, Jürgen. História y critica de la opinión pública. La transformación estructural de la vida pública. 4. ed. Barcelona: Gustavo Gili, Serie Mass Media, 1994.

HAROCHE, Claudine. A condição sensível: formas e maneiras de sentir no Ocidente. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2008.

KOCH, Ingedore. A inter-ação pela linguagem. 1. ed. São Paulo: Editora Contexto, 1992.

LANDOWSKI, Eric. A opinião pública e seus porta-vozes. A sociedade refletida: ensaios de sociossemiótica. 1. ed. São Paulo: EDUC/Pontes, 1992.

LATOUR, Bruno. Reagregando o social: uma introdução à teoria do Ator-Rede. 1. ed. Salvador/Bauru: EDUFBA/EDUSC, 2012.

LIPPMANN, Walter. Opinião pública. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2010.

MAGNONI, Antônio Francisco. A comunicação e a opinião pública na era das redes sociais. In: SANTOS, C. M. R.G. dos (Org.). Opinião pública: empowerment e interfaces. 1. ed. Bauru, SP: Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, 2012, p. 38-55.

MAINGUENEAU, Dominique. Análise de textos de comunicação. 4ª ed. São Paulo: Cortez, 2005.

MARCUSCHI, Luiz Antonio. Análise da conversação. 5. ed. São Paulo: Ática, 2000.

RECUERO, Raquel. Redes sociais na internet. 1. ed. Porto Alegre: Sulina, 2009.

VIANA, Lucina R. Presença online: estratégias e práticas discursivas da relação intermediada entre coenunciadores no twitter. 2014. Tese (Doutorado em Comunicação e Linguagens) – Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba, 2014.

VICENTE, Maximiliano Martin. Opinião pública e sociedade. In: SANTOS, C. M. R.G. dos (Org.). Opinião pública: empowerment e interfaces. 1. ed. Bauru, SP: Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, 2012, p. 28-36.




DOI: https://doi.org/10.25200/BJR.v11n2.2015.853

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da versão online: 1981-9854

ISSN da versão impressa (descontinuada a partir de 2008): 1808-4079



Datas de publicação da revista

30 de abril - 30 de agosto - 30 de dezembro

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.