O espaço dilatado da opinião pública no contexto do jornalismo em multiplataformas: de seus porta-vozes aos atores discursivos

Kati Eliana Caetano

Resumo


A proposta tem como ponto de partida a condição tradicional da opinião pública, sobretudo em sua forma de existência na sociedade de comunicação massiva, quando assume o papel de legitimadora das falas de protagonistas da cena política - governantes e mídias. Visa a mostrar, a partir desse quadro, seu caráter de objeto construído no âmbito de um conjunto de convenções discursivas, embora pretensamente apresentado como figura empírica, e as modificações que sofre no contexto do jornalismo em multiplataformas, apresentando-se como uma multitude de vozes tornadas visíveis nos espaços de circulação da informação. Entre tais mudanças, integram-se a necessidade de redimensionamento de seu conceito, a compreensão do desafio que tal fato representa às organizações jornalísticas e, até mesmo, o reexame das próprias elaborações formais que sustentam o discurso jornalístico, quando a manifestação da opinião se enquadra a um complexo processo de interações, mais próximo das práticas conversacionais cotidianas, em que os tópicos de conteúdo vão se integrando, em situação, à corrente comunicacional.

Palavras-chave


opinião pública; multiplataformas; fluxos informacionais; atores discursivos; comunicação em ato.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Mito e realidade da opinião pública. Disponível em:

http://rae.fgv.br/sites/rae.fgv.br/files/artigos/10.1590_S0034-75901964001100004.pdf. (RAE-Revista de Administração de Empresas, vol. 4, n. 11, abr-jun 1964)

BENVENISTE, Emile. Problemas de linguística geral. São Paulo: Editora Nacional, Editora da Universidade de São Paulo, 1976, p. 284-293.

BOGOST, Ian; FERRARI, Simon; SCHEIZER, Bobby. Newsgames: journalism at play. Cambridge, Massachusetts: The MIT Press, 2010.

BORGES, Susana. Opinião pública, Media e Cidadania: as manifestações pela paz nas vésperas da II Guerra do Golfo. Anais do XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – INTERCOM, I Colóquio Brasil-Portugal de Ciências da Comunicação, Natal, RN, setembro de 2008. Disponível em http://www2.intercom.org.br/navegacaoDetalhe.php?option=trabalho&id=35056

FAIRCLOUGH, Norman. Discurso e mudança social. Brasília: UnB, 2008.

FIDALGO, António. A resolução semântica no jornalismo online. In: BARBOSA, S. (Org.). Jornalismo digital de terceira geração. Coleção Estudos em Comunicação. Covilhã: Livros Labcom, 2007. [e-book]. p. 93-102. Disponível em:

http://www.livroslabcom.ubi.pt/pdfs/barbosa_suzana_jornalismo_digital_terceira_geracao.pdf

HABERMAS, Jürgen. História y critica de la opinión pública. Barcelona: Serie Maas Media, 1994.

HAROCHE, Claudine. A condição sensível: formas e maneiras de sentir no Ocidente. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2008.

LANDOWSKI, Eric. A opinião pública e seus porta-vozes. A sociedade refletida: ensaios de sociossemiótica. São Paulo: EDUC/Pontes, 1992.

LATOUR, Bruno. Reagregando o social: uma introdução à teoria do Ator-Rede. Salvador/Bauru: EDUFBA/EDUSC, 2012.

LIPPMANN, Walter. Opinião pública. Petrópolis: Vozes, 2008.

MAGNONI, Antônio Francisco. A comunicação e a opinião pública na era das redes sociais. In: SANTOS, C. M. R.G. dos. Opinião pública: empowerment e interfaces. Bauru, SP: Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, 2012, p. 38-55.

VIANA, Lucina R. Presença online: estratégias e práticas discursivas da relação intermediada entre coenunciadores no twitter. Tese de Doutorado. 2014. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Linguagens, xerox, versão online a ser disponibilizada em http://tede.utp.br.

VICENTE, Maximiliano Martin. Opinião pública e sociedade. In: SANTOS, C. M. R.G. dos. Opinião pública: empowerment e interfaces. Bauru, SP: Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, 2012, p. 28-36.




DOI: https://doi.org/10.25200/BJR.v11n2.2015.671

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da versão online: 1981-9854

ISSN da versão impressa (descontinuada a partir de 2008): 1808-4079



Datas de publicação da revista

30 de abril - 30 de agosto - 30 de dezembro

 

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.